O Aeroporto Municipal Luiz Dalcanale Filho, de Toledo, recebeu o Certificado Operacional de Aeroporto da Agência Nacional de Aviação Civil – Anac.

A portaria nº 3975, publicada em 30 de dezembro de 2019, no Diário Oficial da União, atesta a capacidade operacional do terminal paranaense e seu funcionamento de acordo com os pareceres de segurança e excelência estabelecidos pelos órgãos da aviação civil nacional e internacional.

A certificação operacional fica condicionada à manutenção pelo operador aeroportuário.

O aeroporto pode ser utilizado regularmente por quaisquer aeronaves compatíveis com o código de referência 2C ou inferior.

A operação de aviões como o ATR-72 da Azul será permitida apenas em Condições Meteorológicas de Voo Visual.

Em 2019, primeiro ano de voos diários da Azul, vinte e quatro mil pessoas já decolaram e pousaram em Toledo.

Durante esse período o aeroporto operava com uma autorização provisória da Anac.

O Certificado Operacional de Aeroporto é uma exigência do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil 139 da Anac.

As avaliações são orientadas pela Organização Internacional de Aviação Civil, que determina os critérios operacionais a serem atendidos por terminais no mundo inteiro.

 

Rádio Educadora/Eraldo Ferraz – com Assessoria

Deixe seu comentário