A Secretaria Municipal de Saúde de Palotina estará desenvolvendo até o dia 25 de outubro, a primeira etapa da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo. Para esta etapa, todas as crianças não vacinadas com idade entre seis meses a menores de 5 anos de idade deverão comparecer nos postos de saúde.

Neste sábado, dia 19, haverá uma mobilização, onde os postos de saúde municipais estarão abertos das 8h às 17h, exclusivamente para vacinação. O objetivo da campanha é administrar a vacina contra o sarampo nas crianças ainda não imunizadas dentro da faixa etária estipulada, resgatar as crianças que possuem o esquema incompleto e oferecer uma dose extra para as crianças entre 6 (seis) meses a menores de 01 (um) ano de idade, a fim de proteger as crianças contra a doença e  diminuir a circulação do vírus do sarampo no Brasil.

Segundo a enfermeira Maristela Barbieri do Departamento de Vigilância em Saúde a situação do sarampo no Brasil é preocupante, visto que, já se somam cerca de 5.400 casos confirmados da doença no país, sendo que no Paraná foram confirmados até o momento 103 casos. Diante deste cenário, há necessidade da união de esforços para a manutenção de boas coberturas vacinas, sendo essa a única estratégia de prevenção da doença.

Sarampo – é uma infecção viral, altamente contagiosa, transmitida de pessoa a pessoa por via aérea, através da fala, espirro, tosse e respiração no período de quatro a seis dias antes do aparecimento das manchas até quatro dias após.  Pode acometer todas as faixas etárias, com mais gravidade em crianças e pessoas portadoras de doenças crônicas. O vírus pode levar a complicações respiratórias e neurológicas podendo levar a óbito. Os sintomas incluem febre alta, acompanhada de tosse, olhos vermelhos, nariz escorrendo ou entupido evoluindo cerca de quatro dias com manchas avermelhadas no corpo que iniciam na face e posteriormente se espalhando no corpo todo.

Deixe seu comentário