O horário brasileiro de verão termina à meia-noite de sábado (16) para domingo (17). Consumidores de dez estados e do Distrito Federal devem atrasar o relógio em uma hora.

A medida foi adotada em dez estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal. O objetivo é aliviar a demanda por energia no horário de pico, entre 18h e 21h, nessa época do ano em que os dias são mais longos nas regiões tropicais.

A alteração do horário permite adiantar a rotina das pessoas. Elas acordam mais cedo e chegam mais cedo em casa, usando equipamentos elétricos antes do acionamento da iluminação pública. O mesmo ocorre com o comércio e a indústria, que interrompem suas atividades antes do acionamento da iluminação pública.

Deixe seu comentário